quarta-feira, 26 de junho de 2013




"Criança é sinônimo de pureza
É algo que ainda não foi maculado
Inocente, simples, sincero, verdadeiro e casto.
Quando ocorre o parto e nasce a criança,
Frágil, carente de amparo,
Quando a mãe percebe que o seu bebê
Chegou de suas entranhas
É como se ela partilhasse a pureza daquela criança
Como o vidro que fica impregnado com o aroma que ali existia
Para cuidar de alguém tão puro quanto o bebê
É preciso se purificar também
Intimamente ela se promete,
Propõem reformas pessoais,
Se renova, se compromete,
Mas com o que? O que ela percebe com o nascimento do bebê, 
Algo sagrado, que é o seu filho. E ela se alegra muito, se enche de graça.
Se as pessoas presentes no momento do parto guardam o devido respeito e
Não maculam o momento
Também se enchem de graça
E todos saem felizes,
Percebem verdadeiramente a renovação
Não só da vida biológica, mas também do propósito do bem, da harmonia,
Talvez por isso o parto exerça uma forte atração magnética
É difícil passar indiferente a ele,
É como ouvir um apelo:
Veja a renovação da vida e se renove também
Se prometa, se comprometa com a vida."





video

0 comentários:

Postar um comentário